JORNADA TRANS: Um Estudo Acerca da Trajetória de Travestis e Mulheres Transexuais no Mercado de Trabalho do Recife

Suelen Mazza Batista, Diego Costa Mendes, Giselle Alves Silva, José Ricardo Costa de Mendonça

Resumo


O presente estudo tem como objetivo discutir sobre a trajetória de trabalho de travestis e mulheres transexuais no mercado de trabalho do Recife. Com caráter exploratório, de natureza aplicada e abordagem qualitativa, esta pesquisa foi desenvolvida em torno de sete entrevistas com travestis e mulheres trans, a partir de roteiro semiestruturado. Os dados coletados foram trabalhados mediante análise de conteúdo temática, a partir da relação entre a ocupação das mulheres trans e travestis com a escolaridade, a capacitação profissional, o apoio familiar e o mercado de trabalho não inclusivo. Pode-se perceber que, devido a preconceitos e discriminação da sociedade, essa população sofre exclusão social, que começa na rejeição da família, passando por um ambiente escolar hostil e não inclusivo, e por um mercado de trabalho formal com poucas oportunidades. Diante deste contexto, muitas vezes, a prostituição se torna um meio para a sobrevivência, e um dos poucos espaços no qual a identidade de gênero dessa população é legitimada.

Trans Journey: A study about transvestite and transsexual women's way through the labor market at Recife

ABSTRACT

This study aims to discuss the work trajectory of transvestites and transsexual women in the labor market in Recife. With an exploratory character, of an applied nature and a qualitative approach, this research was developed around seven interviews with transvestites and transsexual women, based on a semi-structured script. The collected data where analyzed by a thematic content analysis, based on the relationship between the occupation of transsexual and transvestite women with schooling, professional training, family support and the non-inclusive job market. It might be seen that, due to prejudices and discrimination in society, this population suffers social exclusion, which begins with the rejection by the family, passing through a hostile and non-inclusive school environment, and a formal labor market with few opportunities. In this context, prostitution often becomes a mean for survival, and one of the few spaces in which the gender identity of this population is legitimized.


Palavras-chave


Mulheres transexuais; travestis; mercado de trabalho.

Texto completo:

PDF


Perspectivas Contemporâneas. ISSN: 1980-0193

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons