VARIAÇÃO ECOMORFOLÓGICAS E TRÓFICAS EM POPULAÇÕES DE Poecilia reticulata PETERS 1859 (CYPRINODONTIFORMES: POECILIIDAE) EM CABECEIRAS NA BACIA DO ALTO RIO PARANÁ

Autores

  • Fagner de Souza Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Laboratório de Ecologia Aquática, Avenida Guilherme Ferreira, 1940, 38022-200, Uberaba-MG
  • Paulo Ricardo da Silva Camargo Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Laboratório de Ecologia Aquática, Avenida Guilherme Ferreira, 1940, 38022-200, Uberaba-MG
  • Ronielson Gaia Silva Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Laboratório de Ecologia Aquática, Avenida Guilherme Ferreira, 1940, 38022-200, Uberaba-MG
  • Luciano Santana Fiuza Ferreira Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Laboratório de Ecologia Aquática, Avenida Guilherme Ferreira, 1940, 38022-200, Uberaba-MG
  • Kátia Aparecida Nunes Hiroki Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Laboratório de Ecologia Aquática, Avenida Guilherme Ferreira, 1940, 38022-200, Uberaba-MG

Palavras-chave:

ambiente impactado, ecologia de populações, ecologia trófica, morfometria, qualidade ambiental.

Resumo

Embora a Poecilia reticulada Peters, 1859, esteja amplamente distribuída na região neotropical, é uma espécie exótica habitando os rios brasileiros. Como apresentam características de resistência e adaptação a diversos ambientes, podem ser utilizados como indicadores de qualidade ambiental em ecossistemas aquáticos. Neste contexto, testamos a hipótese de que há diferenças ecomorfológicas e alimentares em populações submetidas a ambientes qualitativamente distintos. Assim, objetivamos analisar as características ecomorfológicas e tróficas de P. reticulata em ambientes com características qualitativas diferentes. Os indivíduos foram coletados em três córregos na bacia do alto rio Paraná. Cada ambiente foi analisado quanto a sua qualidade ambiental, pelo Protocolo de Avaliação Rápida da Diversidade de Hábitats. Para a ecomorfologia foram utilizados 15 exemplares/córrego, para cada individuo foram calculados 22 índices ecomorfológicos, baseados em áreas e medidas corporais. A dieta foi obtida pela análise volumétrica dos conteúdos estomacais e logo após foi calculado índices alimentares. Baseado nos resultados, foram observadas variações entre todas as populações nas características ecomorfológicas e alimentares. As caracterizações das populações foram creditadas as interações biológicas e as características hidrodinâmicas dos córregos. Assim, estratégias ecomorfológicas e na obtenção de alimentos estão relacionadas com fluxo hídrico e a competição intra e interespecíficas que cada córrego provém às populações, como a diversidade de hábitat e disponibilidade de recursos. 

ECOMORPHOLOGICAL AND TROPHIC VARIATION IN POPULATION OF Poecilia reticulata PETERS 1859 (CYPRINODONTIFORMES: POECILIIDAE) IN HEADWATERS IN THE UPPER PARANÁ RIVER BASIN

Although Poecilia reticulata Peters, 1859, is widely distributed in Neotropical region, this species is exotic living in Brazilian Rivers. As it shows resistance and adaptation characteristics to several environments, it can be used as environmental quality indicators in aquatics ecosystem. In this context, we tested the hypothesis that there are ecomorphological and alimentary differences in populations submitted to qualitatively distinct environments. Thus, we aimed to analyze the ecomorphological and trophic characteristics of P. reticulata in environments with different qualitative characteristics. The specimens were sampled in three streams in Upper Paraná River Basin. In each environment, it was analyzed for its environmental quality, by Rapid Assessment Protocol for Habitat Diversity. For ecomorphology 15 specimens/stream were used, for each specimen 22 ecomorphological index were calculated, based on areas and body measurements. The diet was obtained by volumetric analysis of stomach contents and in sequence food index were calculated. Based in results, variations among all populations in ecomorphological and alimentary characteristics were observed. The population characterizations were credited to biological interactions and hydrodynamics characteristics of streams. Thus, ecomorphological and obtaining food strategies are related to water flow and intra and interspecific competition that stream provides to population, as habitat diversity and availability of resources.


Biografia do Autor

Fagner de Souza, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Laboratório de Ecologia Aquática, Avenida Guilherme Ferreira, 1940, 38022-200, Uberaba-MG

Formado em Ciências Biológicas, Áreas de Atuação:

Sistematica de Peixes;

Ecologia de Peixes e Macroinvertebrados. 

Paulo Ricardo da Silva Camargo, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Laboratório de Ecologia Aquática, Avenida Guilherme Ferreira, 1940, 38022-200, Uberaba-MG

Graduando em Ciências Biológicas

Ronielson Gaia Silva, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Laboratório de Ecologia Aquática, Avenida Guilherme Ferreira, 1940, 38022-200, Uberaba-MG

Graduando em Ciências Biológicas

Luciano Santana Fiuza Ferreira, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Laboratório de Ecologia Aquática, Avenida Guilherme Ferreira, 1940, 38022-200, Uberaba-MG

Graduando em Ciências Biológicas

Kátia Aparecida Nunes Hiroki, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Laboratório de Ecologia Aquática, Avenida Guilherme Ferreira, 1940, 38022-200, Uberaba-MG

Graduando em Ciências Biológicas

Downloads

Publicado

2020-11-27

Como Citar

Souza, F. de, Camargo, P. R. da S., Silva, R. G., Ferreira, L. S. F., & Hiroki, K. A. N. (2020). VARIAÇÃO ECOMORFOLÓGICAS E TRÓFICAS EM POPULAÇÕES DE Poecilia reticulata PETERS 1859 (CYPRINODONTIFORMES: POECILIIDAE) EM CABECEIRAS NA BACIA DO ALTO RIO PARANÁ. SaBios-Revista De Saúde E Biologia, 15(3), 36–49. Recuperado de http://revista2.grupointegrado.br/revista/index.php/sabios/article/view/2991

Edição

Seção

Complete Papers