ANÁLISE PARASITOLÓGICA E CONDIÇOES DE MANEJO DE VERDURAS PARA CONSUMO PRÓPRIO PROVENIENTES DE PROPRIEDADES RURAIS DO MUNICÍPIO DE MAMBORÊ – PR

Autores

  • Jonas Willian Hort Burlin Discente do curso de Biomedicina do Centro Universitário Integrado de Campo Mourão, PR.
  • Amanda Regina Nichi Sá Faculdade Integrado de Campo Mourão

Palavras-chave:

hortaliça, enteroparasito, contaminação fecal.

Resumo

O consumo de hortaliças in natura tem crescido cada vez mais no Brasil e a produção destas deve ser feita cuidadosamente para evitar contaminação por enteroparasitos, independente se a produção é para venda ou para consumo próprio. Assim, o objetivo do presente trabalho foi avaliar parasitos presentes em hortaliças. Foram analisadas 55 amostras provenientes de 25 produtores, por meio do método de sedimentação espontânea, no qual se constatou contaminação em 38,18% das amostras, com a presença de ovos e larvas de Ancylostoma sp., cistos de Entamoeba coli e cistos e trofozoítos de Balantidium coli. Em relação ao questionário, foi possível observar maus hábitos de cultivo, como a não desvermifugaçao periódica de animais domésticos e pouco conhecimento parasitário por parte dos produtores. Diante disso, conclui-se que as plantações avaliadas não estão aptas para a produção de hortaliças para consumo, uma vez que estes produtos não devem apresentar nenhum tipo de estrutura parasitaria, adicionalmente, pode-se observar maus hábitos de cultivo e pouco conhecimento parasitário dos produtores, o que pode ser um fator relevante para o desenvolvimento de parasitos em hortaliças. 

PARASITOLOGICAL ANALYSIS AND MANAGEMENT CONDITIONS OF VEGETABLES FOR OWN CONSUMPTION FROM RURAL PROPERTIES OF MAMBORÊ - PR

The consumption of vegetables in natura has been increasing in Brazil and the production of these must be done carefully to avoid contamination by enteroparasites, regardless if the production is for sale or for own consumption. Thus the objective of the present work was the evaluation of parasites in vegetables. Fifty - five samples from 25 producers were analyzed by the spontaneous sedimentation method, where 38.18% of the samples were contaminated with eggs and larvae of Ancylostoma sp., Entamoeba coli cysts, and Balantidium coli cysts and trophozoites. Regarding the questionnaire, it was possible to observe poor cultivation habits such as the non-periodic unfolding of domestic animals and little parasitic knowledge on the part of the producers. Therefore, it is concluded that the evaluated plantations are not suitable for consumption, since vegetables for consumption should not have any type of parasite structure, in addition, one can observe poor cultivation habits and little parasitic knowledge of the producers, which may be a relevant factor for the development of parasites in vegetables.

Downloads

Publicado

2020-11-27

Como Citar

Burlin, J. W. H., & Sá, A. R. N. (2020). ANÁLISE PARASITOLÓGICA E CONDIÇOES DE MANEJO DE VERDURAS PARA CONSUMO PRÓPRIO PROVENIENTES DE PROPRIEDADES RURAIS DO MUNICÍPIO DE MAMBORÊ – PR. SaBios-Revista De Saúde E Biologia, 15(3), 57–63. Recuperado de http://revista2.grupointegrado.br/revista/index.php/sabios/article/view/2669

Edição

Seção

Complete Papers