SUSCEPTIBILIDADE DAS ZONAS DE RECUPERAÇÃO DE UMA UNIDADE DE CONSERVAÇÃO À INVASÃO BIOLÓGICA POR ESPÉCIES ARBÓREAS EXÓTICAS

Guilherme Rodrigues Vigilato, Rafael Zampar

Resumo


Um local é considerado degradado quando sua integridade é afetada por sucessivas perturbações. Esses locais se tornam vulneráveis à invasão por espécies arbóreas exóticas, pois estas têm a capacidade de suprir algumas funções ecológicas não preenchidas. Desta forma, objetivou-se neste estudo fazer um levantamento das espécies arbóreas presentes nas zonas de recuperação do Parque Estadual Lago Azul (PELA), Paraná, Brasil, para verificar se as áreas são susceptíveis a invasão por espécies arbóreas exóticas, além de quantificar o valor de importância das ocorrentes, mensurar a diversidade e riqueza e avaliar se há ou não predominância das exóticas perante as nativas. O estudo foi realizado nas duas Zonas de Recuperação do PELA (ZR I e ZR II). Para o levantamento, nos dois locais de estudo, foram demarcadas 10 parcelas contínuas, cada uma com 100 m2 e demarcadas os indivíduos com PAP (perímetro a altura do peito a 1,30 m do solo) maior que 15 cm. Não foi encontrada alguma espécie exótica na ZR I, porém as nativas invasoras herbáceas Pteridiumarachnoideum (Kaulf.) Maxon. e MerostachysmultirameaHack. podem estar interferindo na recuperação do local. Já na ZR II a presença de algumas espécies arbóreas exóticas invasoras, como HoveniadulcisThunb. e Eryobotriajaponica (Thunb.) Lindl., podem a longo prazo comprometer o local. Sendo assim, considerando a susceptibilidade da região em ser invadido é necessária a remoção imediata destas espécies que podem estar comprometendo a integridade das espécies nativas.

ABSTRACT

A site is considered degraded when its integrity is affected by successive disturbances. These sites are vulnerable to invasion of exotic trees as they are able to supply some unfilled ecological functions. Thus, this research aimed to make a survey of tree species in areas of recovery of Parque Estadual Lago Azul (PELA), Paraná, Brazil, to verify their susceptibility to invasion by exotic trees. Besides, it was quantified the importance value, measured diversity and richness and evaluated whether or not there is a predominance of exotic species. The study was conducted in two Recovery Zones (ZRI and ZR II) of PELA. In the survey, both areas were marked with 10 continuous plots, each with 100 m2 and individuals were demarcated with PBH (perimeter at breast height at 1.30 m above the ground) greater than 15 cm. Exotic species were not found in ZR I, but natives and invasives herbaceous Pteridium arachnoideum (Kaulf.) Maxon. and Merostachys multiramea Hack. may be interfering with the recovery site. In ZR II, the presence of some exotic invasive tree species such as Hovenia dulcis Thunb. and Eryobotria japonica (Thunb.) Lindl. may damage the place in a long-term. Thus, considering the susceptibility of the site to be invaded is required the immediate removal of these species that may be compromising the integrity of native species. 


Palavras-chave


recuperação de áreas degradadas;manejo;Parque Estadual Lago Azul;Hoveniadulcis;Eryobotriajaponica.

Texto completo:

PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.