RESÍDUOS DE ANTIBIÓTICOS EM LEITE

Rochelli da Silva Maluf, Alessandra Braga Ribeiro

Resumo


A presença de resíduos de antibióticos representa a principal contaminação química em leite e produtos lácteos. O leite com antibióticos é considerado impróprio para o consumo, representando riscos para a saúde, além da possibilidade de interferência nos processos tecnológicos de produção. Considerando a importância em saúde pública e para a indústria, o objetivo do trabalho foi realizar um levantamento bibliográfico das metodologias mais adequadas para detecção de resíduos de antibióticos no leite, relatar quais os microrganismos causadores de mastite bovina e quais os antibióticos utilizados na terapia, além de analisar o risco do uso de medicamentos veterinários em animais produtores de alimentos e seus mecanismos de controle sanitário no Brasil. Inúmeros microrganismos podem causar mastite, sendo a bactéria Staphylococcus aureus a mais frequentemente detectada. Para o tratamento utilizam-se principalmente antibióticos do grupo dos beta-lactâmicos, sendo o leite contaminado por antibióticos quando o produtor não respeita o período de carência destes medicamentos. As metodologias utilizadas para teste de antibióticos priorizam a rapidez de resultado, pois é necessário viabilizar a liberação do lote o mais rapidamente para o processamento. O Brasil conta com o Programa de Controle de Resíduos em Leite (PCRL) o qual realiza ações de vigilância para controle do uso indevido de medicamento veterinário. No entanto, devido aos graves problemas de saúde pública advindos da ingestão de leite contaminado com antibióticos, verifica-se a necessidade de legislações e ações mais restritivas e efetivas, para garantir um produto que não ofereça risco à saúde do consumidor.

RESIDUES OF ANTIBIOTICS IN MILK

ABSTRACT

The presence of antibiotic residues represents the main chemical contamination in milk and dairy products. The milk contaminated with antibiotics is considered inappropriate for consumption and represents risk for public health. Besides, there is the possibility of interference in technological production processes. Considering the importance concerning to public health and food industry, this study aims to report a bibliographical research about: a) the most appropriate methodologies to detect antibiotic residues in milk; b) report which microorganisms cause bovine mastitis and which antibiotics are used in therapy of this disease; c) analyze the risk of veterinary medicines in animals that provide food and the sanitary control mechanisms used in Brazil. Several microorganisms cause mastitis. Staphylococcus aureus is the most frequently detected and antibiotics of beta-lactam group are mainly used in the treatment. Thus, the milk could be contaminated with antibiotics when the producer does not respect the drug elimination period. The methodologies used to test antibiotics prioritize the promptness of results due to the need to release faster a lot for processing. In Brazil the “Programa de Controle de Resíduos em Leite” conducts surveillance actions to control the misuse of veterinary medicines. However, due to the serious public health problems arising from drinking milk contaminated with antibiotics, there is a need for laws and more stringent and effective actions to ensure a product without risks to consumer health


Palavras-chave


Leite; Antibióticos; Contaminação química; Saúde pública

Texto completo:

PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.