AÇÃO DE FUNGICIDAS SOBRE O CRESCIMENTO DO FUNGO ENTOMOPATOGÊNICO Metarhizium anisopliae var. majus (JOHNSTON) TULLOCH

Freitas Danusa, Silva Damin, Andreia Vilani, Cristiane Kasburg, Jéssica Alves de Queiroz, Francini Yumi Kagimura, Sideney Becker Onofre

Resumo


Os fungos entomopatogênicos são microrganismos causadores de doenças em insetos, principalmente os de importância agrícola, atuando no controle biológico de pragas em agroecossistemas, destacando o realizado por fungos entomopatogênicos. O controle biológico realizado por fungos vem sendo uma forma efetiva de controle de insetos que atacam as principais culturas no Brasil. No entanto, o controle das pragas e doenças da cultura da soja vem sendo realizado basicamente por produtos sintéticos, como os fungicidas, que podem ser negativos a esse método, inibindo o seu crescimento e a germinação dos esporos e a sua potencialidade de inóculo. Assim, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a toxicidade de dois fungicidas utilizados na cultura da soja, Nativo® e Sphere® sobre o crescimento do fungo entomopatogênico Metarhizium anisopliae var. majus. Para discos de culturas desse fungo foram inoculados no centro da placa Petri contendo meio BDA com concentrações variadas dos dois fungicidas e incubadas por um período de 360 horas a uma temperatura de 28 ± 1o C. A pesquisa realizada foi do tipo descritiva - exploratória com abordagem qualitativa. Os halos de crescimento foram medidos e comparados com o grupo controle. Os resultados mostraram que os fungicidas Nativo® cujos princípios ativos são a Trifloxistrobina + Tebuconazol e o Sphere® composto pelos princípios ativos Trifloxistrobina + Ciproconazol inibem o crescimento do fungo Metarhizium anisopliae var. majus nas concentrações avaliadas. Dessa forma pode-se concluir que esses fungicidas atuam de forma negativa inibindo a atividade desse fungo sobre os insetos pragas.

 

EFFECTS OF FUNGICIDES ON THE GROWTH OF Metarhizium anisopliae VAR. MAJUS ENTOMOPATHOGENIC FUNGUS (JOHNSTON) TULLOCH

ABSTRACT

The entomopathogenic fungi are microorganisms that cause diseases in insects of agricultural importance. These microorganisms work in biological control of pests in agricultural ecosystems. The biologic control by fungi has been an effective way to control insects that attack the main crops in Brazil. The control of pests and diseases of soybean crop has been accomplished primarily by synthetic products, such as fungicides.  However, this method inhibits the growth of entomopathogenic fungi, spore germination and its inoculum potential. Thus, it does not allow the use of biologic control in soybean crop. This study aimed to evaluate the toxicity of two fungicides on growth of Metarhizium anisopliae var. majus: a) Native ® which has tebuconazole and trifloxystrobin as active ingredients; b) Sphere ® composed of trifloxystrobin cyproconazole. Fungus spores were inoculated at the center of Petri plates with BDA medium and different concentrations of Native ® and Sphere ® fungicides. Plates were incubated for 360 hours at 28 ± 1o C. Growth were measured and compared with control group. Results showed that both Native® and Sphere ® fungicides inhibit in all concentrations the growth of Metarhizium anisopliae var. majus fungus. Thus we can conclude that these fungicides act negatively by inhibiting the activity of this fungus on insect pests.  


Palavras-chave


Metarhizium anisopliae; entomopatogênico; controle biológico; monoculturas.

Texto completo:

PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.