A AUTOMEDICAÇÃO ENTRE OS BRASILEIROSalign="justify">

Diego Castro Musial, Josiene Santos Dutra, Tânia Cristina Alexandrino Becker

Resumo


A automedicação é definida como ato de administrar remédio sem prescrição médica, sendo que a seleção e o uso de medicamentos são realizados por indiví­duos inaptos para tal, com o objetivo de curar patologias ou a diminuir seus sintomas. Esta prática pode ter como consequência o mascaramento dos sintomas da doença de base, podendo esta se agravar e levar o paciente a óbito. A automedicação vem sendo utilizada com maior intensidade no Brasil, em regiões mais carentes, cuja população não possui acesso à  saúde, ou este é precário, e na classe média alta cuja maior instrução confere maior confiança na prática da automedicação. Estudos sobre o assunto preconizam que a orientação dos profissionais de saúde e população geral; o desenvolvimento de políticas públicas para adequação de estrutura e recursos humanos em todas as unidades de saúde; bem como a fiscalização apropriada, da divulgação em propaganda e da venda de medicamentos sem prescrição médica, são fundamentais para minimização da prá¡tica da automedicação e dos danos por ela causada..align="justify">


AUTOMEDICATION AMONG BRASILIAN POPULATION align="justify">


Abstract


Automedication is defined as the act of administering medicines without medical prescription. The selection and use of medicines are made by individuals uncapables to do this, aiming to cure diseases or to reduce their symptoms. This practice may mask symptoms of base diseases that may become worse and lead patient to death. The automedication has being used with greater intensity in Brazil, particularly in poor regions, where population has no access to health care and in high-middle class, which are better instructed, what confers higher self-confidence to this practice. Studies propose that the orientation of health professionals and general population; the development of public policies to increase structure and human resources in all units of health, as well as appropriate supervision of advertising and sale of medicines without medical prescription, are key to minimize automedication and the damages caused by this practice.align="justify">

Palavras-chave


Automedicação; saúde pública.

Texto completo:

PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.