FATORES DE RISCO CARDIOVASCULARES NOS FUNCIONÁRIOS DE UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPO MOURÃO - PARANÁ

Ana Carla Broetto Biazon, Michel Victor Galhardo Tasca, Aline Paula Isolani, Priscila Andressa Scolari

Resumo


As doenças cardiovasculares (DCV) constituem a principal causa de morbi-mortalidade da população brasileira e mundial. Atualmente, o interesse em estudos de avaliação dos fatores de risco em trabalhadores tem aumentado, pois pode gerar informações para estudos de intervenção. Desta forma, o objetivo do presente estudo foi determinar a prevalência dos principais fatores de risco cardiovasculares nos funcionários de uma Instituição de Ensino Superior de Campo Mourão-PR. Para a obtenção dos dados foi realizado um estudo transversal com amostra de 64 funcionários os quais foram submetidos à aferição de medidas antropométricas e exames laboratoriais. Os resultados mostraram que 1,56% dos funcionários possuem Diabetes mellitus, 14,06% tem obesidade, 7,6% possuem hipertensão, 43,75% tem sobrepeso, 32,8% tem níveis de colesterol elevados e 50% são sedentários. Desta forma, evidenciou-se frequência moderada de fatores de riscos cardiovasculares, em especial, o sobrepeso e sedentarismo. Torna-se necessária a promoção de atitudes que visem mudanças de comportamento da população com vistas a intervir nos fatores de risco como alterações na dieta, prática de exercícios físicos e controle de doenças crônicas como diabetes e hipertensão.

CARDIOVASCULAR RISK FACTORS IN EMPLOYEES OF A HIGHER EDUCATION INSTITUTION OF CAMPO MOURAO  

ABSTRACT

Cardiovascular diseases (CVD) are the main cause of morbidity and mortality of the Brazilian and world population. Currently, the interest in studies for the evaluation of risk factors in workers has increased, because it can generate information for intervention studies. This way, the objective of this research was to determine the prevalence of the major cardiovascular risk factors in employees of a Higher Education institution of Campo Mourão - PR. A cross-sectional study with a sample of 64 employees that were submitted to anthropometric measurements and laboratory tests was carried out. The results showed that 1.56% of employees have Diabetes mellitus, 14.06% have obesity, 7.6% have hypertension, 43.75% were overweight, 32.8% have high cholesterol levels and 50% are sedentary. Thus, it became evident the moderate frequency of cardiovascular risks, in particular, the overweight and sedentary lifestyle.  It is necessary to promote attitudes aimed to changes in behavior of the population with a view to intervening in risk factors such as changes in diet, physical exercise and control of chronic diseases such as diabetes and hypertension.


Palavras-chave


fatores de risco para doenças cardiovasculares; diabetes; hipertensão; obesidade; sedentarismo.

Texto completo:

PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.