A IMPORTÂNCIA DA AVALIAÇÃO DO HABITAT NO MONITORAMENTO DA QUALIDADE DOS RECURSOS HÍDRICOS: UMA REVISÃO

Aline Sueli de Lima Rodrigues, Guilherme Malafaia, Paulo de Tarso Amorim Castro

Resumo


Os agentes estressores dos ecossistemas fluviais são de natureza e intensidade variada e tem papel relevante na destruição e degradação dos habitats. As alterações morfológicas dos rios, além de afetarem o regime da vazão, reduzem o corredor fluvial e degradam a zona ripária com consequentes perdas na biodiversidade e na integridade ecológica desses ambientes. Nesta perspectiva, este trabalho, por meio de uma revisão da literatura, suportada por dados coletados no Parque Estadual do Itacolomi, Ouro Preto-MG, apresenta alguns fatores físicos do habitat que influenciam as diferenciações espaciais da estrutura da biota aquática e destaca a importância da avaliação do habitat físico no monitoramento dos recursos hídricos. Além disso, apresenta brevemente os protocolos de avaliação rápida de rios, um instrumento de avaliação visual que possibilita caracterizar, in situ, a qualidade física global do habitat nos segmentos fluviais. O entendimento do habitat é interessante, pois permite compreender os fatores que condicionam a biodiversidade fluvial e esse entendimento representa um aprimoramento do conhecimento sobre os atributos da paisagem em escala regional e local, contribuindo para explicar a distribuição e a diversidade biológica de rios, entre distintas regiões ecoclimáticas.

 

IMPORTANCE OF HABITAT ASSESSMENT IN MONITORING QUALITY OF WATER RESOURCES: A REVIEW

 

ABSTRACT

The agents of stress of fluvial ecosystems have large origin and intensity and play important role in the destruction and degradation of habitats. The physical and morphologic alterations of the rivers, besides affecting the flow regime, reduce the fluvial corridor and degrade the riparian zone with consequent losses in the biodiversity and the ecological integrity of fluvial environments. In this perspective, this paper through a literature review, supported by data collected in the Parque Estadual do Itacolomi, Ouro Preto-MG, presents some physical factors of habitat that influence the spatial differences of freshwater biota and the importance of physical habitat assessment in the monitoring of water resources. In addition, presents briefly the rivers rapid assessment protocols, a visual assessment method that it makes possible to characterize, in situ, the global the physical quality of the habitat in the fluvial segments. The knowledge of the characteristics of the habitat is the best way to understand the factors that affect fluvial biodiversity and this understanding is an improvement of the knowledge of the attributes of the landscape in regional and local scale and contributes to explain the distribution and the biodiversity of rivers, between distinct ecoclimatic regions or ecorregions.


Palavras-chave


habitat; biota aquática; integridade ecológica; rios; conservação ambiental

Texto completo:

PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.