AGENTES ANTIOXIDANTE: SEU PAPEL NA NUTRIÇÃO E SAÚDE DOS ATLETASalign="justify">

Ana Paula Gerin Fanhani, Márcia Pires Ferreira

Resumo


O exercício físico, com a devida moderação, traz benefícios orgânicos. Entretanto, atividades físicas que ultrapassam os limites fisiológicos promovem um aumento na produção de radicais livres de oxigênio, os quais, quando não são devidamente neutralizados, podem iniciar um processo deletério nas células e tecidos, denominado estresse oxidativo. Esse processo degenerativo pode originar diversas doenças e, além disso, parece desempenhar um papel importante no processo de envelhecimento precoce. O objetivo deste trabalho foi avaliar os níveis de consumo de alimentos antioxidantes e de conhecimento sobre seus benefícios em atletas, praticantes de diferentes modalidades esportivas, de ambos os sexos, da cidade de Umuarama-Paraná. Para a coleta dos dados utilizou-se um formulário contendo quatro questões e uma tabela de freqüência de consumo alimentar. A população alvo consistiu de 11 homens, com faixa etária entre 22 a 30 anos, e 10 mulheres entre 18 a 22 anos, todos tendo o esporte como atividade profissional. Observou-se que os atletas não possuem informações suficientes sobre os mecanismos de ação dos antioxidantes no organismo, bem como sobre seus efeitos na prevenção de doenças e envelhecimento precoce. Em relação à freqüência de consumo de alimentos antioxidantes, 70% dos atletas do sexo masculino raramente ingeriam selênio e flavonóides, 50% raramente ingeriam fontes de vitamina E. Dentre as atletas, 73% e 55% raramente consumiam selênio e flavonóides, respectivamente. Portanto, torna-se evidente a necessidade de informar os atletas sobre a importância de uma alimentação variada e equilibrada, para que os alimentos antioxidantes façam parte de seu dia-a-dia, possibilitando a prevenção de doenças crônicas e o envelhecimento precoce.

ANTIOXIDANT AGENTS: THEIR ROLE IN NUTRITION AND HEALTH OF ATHLETS.
Abstract
Physical exercise, with due care, it brings organic benefits. It going over the physiological limits there is a increase in production of free radicals of oxygen, which if dully will not be neutralized, it can start the harmful process in cells and tissues, it calls oxidative stress it causing many illness and early growing old. The object of this project it was to assess the knowledge level of antioxidants action of foods that probably act to prevent the formation of free radicals organism in the prevent of early growing old in practicing different athletes of both sexes of Umuarama city – Paraná. For data’s collection it was filled out a form containing four questions and a frequency of alimentary consumption. The target population consisted of 11 men, with age group between 22 and 30 years old, and 10 women between 18 and 22 years old, everybody having the sport as professional activity. It noticed that athletes don’t possess enough information about action mechanism of antioxidants action in the system, well as their effects in illness prevention and early growing old. In relation to frequency of alimentary consumption of antioxidants foods 70% of male sex athletes rarely ingesting selenium and soy/derivatives and 50% rarely ingesting source of vitamins E. Between the athletes, 73% and 55% rarely consume selenium and soy/derivative respectively. There is the necessity to inform the athletes about how important it’s assorted and balanced feeding, so that the antioxidants foods do part of your day by day, it permitting the chronics illness prevention and early growing old.

Palavras-chave


atletas, radicais livres, antioxidantes, envelhecimento precoce.

Texto completo:

HTML PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.