AVANÇOS NO CONHECIMENTO ECOLÓGICO DE PROTOZOÁRIOS CILIADOS PLANCTÔNICOS DE ÁGUA DOCE: UMA ANÁLISE CIENCIOMÉTRICA

renata alves tharyanne, Priscilla Carvalho, Danielle Goeldner Pereira

Resumo


Os protozoários ciliados possuem grande participação na ciclagem de nutrientes e transferência de matéria e energia ao longo das cadeias alimentares dos ecossistemas aquáticos. Entretanto uma visão precisa da produção científica da ecologia desses organismos é ainda incipiente. O objetivo do presente estudo foi identificar as possíveis tendências espaciais e temporais e as lacunas nos estudos ecológicos dos protozoários ciliados planctônicos de água doce. A análise foi baseada em artigos publicados entre 1991 a 2014 do Institute for Scientific Information Thomson (ISI) (www.isiknowledge.com). Foram encontrados 140 artigos de cunho ecológico publicados em 58 revistas, sendo observado um desenvolvimento expressivo na produção científica entre 1991 e 2006. Os países que mais publicaram sobre o tema foram: Alemanha, Argentina e Estados Unidos e os continentes com maiores publicações foram a Europa e as Américas do Sul e do Norte. Os ambientes mais estudados foram os lênticos e a principal abordagem utilizada nesses estudos foi a empírica. Os objetivos mais pesquisados foram a dinâmica de ciliados, considerando a influência das variáveis abióticas em conjunto com bióticas, no total de 45 artigos e as relações tróficas e o fluxo de energia com 37 artigos. A pesquisa cienciométrica foi essencial para identificar padrões e lacunas no estudo de protozoários ciliados de água doce, havendo necessidade de estudos, principalmente, de cunhos experimentais e teóricos, essenciais para apoiar os esforços de conservação e para subsidiar novas investigações testando hipóteses ecológicas.

 

ADVANCES IN PROTOZOAN ECOLOGICAL KNOWLEDGE CILIATES FRESHWATER PLANKTONIC: A SCIENTOMETRICAL ANALYSIS

ABSTRACT

Ciliate protozoa are essential elements in nutrient cycling and transfer of matter and energy along the food chain in aquatic ecosystems. However, there is still little known about the ecology of these organisms. This study aimed to identify possible spatial and temporal trends and gaps in ecological studies on freshwater planktonic ciliates. The analysis was made on the basis of scientific articles published between 1991 and 2014 in Thomson Institute for Scientific Information (ISI) (www.isiknowledge.com). We found 140 articles focused on ecology published in 58 journals, with a significant growth in scientific production between 1991 and 2006. The countries that published most on the topic were: Germany, Argentina and the United States. The continents with the highest number of publications were Europe and South and North America. Lentic habitats represented the most studied environments and the main approach used was empirical. The most investigated goals were ciliate dynamics, considering the influence of abiotic and biotic factors, amounting to 45 articles, trophic relationships and energy flow, with 37 articles. The scientometric research was essential to identify patterns and gaps in the study of freshwater planktonic ciliates, indicating the need for experimental and theoretical studies to support conservation efforts and to subsidize further investigations testing ecological hypotheses.



Palavras-chave


micro-organismos; protozoários; cienciometria; ecologia ciliados.

Texto completo:

PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.