ESPÉCIES EXÓTICAS INVASORAS NA ÁREA URBANA DE TUNEIRAS DO OESTE, PARANÁ

Francisco Ferreira Martins Neto, Pedro Ivo Nesso Calado, Rafael de Oliveira Bailão, Edson Cesar de Lima, Yara Campos Miranda, Edgar Lopes Balestri, Débora Cristina de Souza, Marcelo Galeazzi Caxambu

Resumo


Arborização urbana é toda cobertura vegetal de porte arbóreo existente nas cidades, sendo constituída por várias espécies arbóreas que podem proporcionar benefícios ao ambiente. A falta de planejamento ou desconhecimento da legislação ocasiona a introdução de espécies exóticas com potencial invasor na arborização, de modo que algumas dessas espécies cultivadas passam a invadir ecossistemas naturais, acarretando problemas aos meios físico, biótico e socioeconômico. Esse estudo teve como objetivo verificar a ocorrência de espécies exóticas invasoras (EEI) listadas na Portaria IAP 59/2015, na área urbana de Tuneiras do Oeste, no Estado do Paraná, sul do Brasil, que não possui, até o momento, plano de arborização urbana. As árvores foram identificadas in loco ou por meio de coletas de material botânico encaminhado à identificação no Herbário da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Campo Mourão (HCF). No levantamento foram registrados 1797 indivíduos arbóreos, distribuídos em 46 espécies, sendo 14 nativas e 32 exóticas. Recomenda-se à substituição das EEI: Spathodea campanulata P. Beauv., Tecoma stans (L.) Juss. ex Kunth, Terminalia catappa L., Leucaena leucocephala (Lam.) de Wit., Ligustrum lucidum W. T. Aiton, Murrayapaniculata (L.) Jack, de acordo com a legislação paranaense vigente. Alerta-se para o risco a invasão biológica na Reserva Biológica das Perobas, em função da proximidade com o quadro urbano em questão.

INVASIVE ALIEN SPECIES IN THE URBAN AREA OF TUNEIRAS DO OESTE, PARANÁ STATE, BRAZIL

Urban afforestation is defined as all arboreal-sized vegetation cover existing in cities, composed of many species which can provide environmental benefits. The lack of planning or legislation knowledge causes the introduction of exotic species with invasive potential in the afforestation so that some of these cultivated species start invading natural ecosystems, causing problems to physical, biotic and socioeconomic environments. This study aimed to verify the occurrence of invasive exotic species presented in the Ordinance IAP 59/2015, at the urban area of Tuneiras do Oeste, Parana state, Brazil, which does not have, up to this moment, an Urban Afforestation Plan. The trees were identified in loco or through the collection of botanical material sent to identification at the Herbarium of Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campo Mourão Campus (HCF). In this study, 1797 arboreal individuals were registered, distributed in 46 species, 14 being natives and 32 exotic. Therefore, it is recommended to substitute the invasive exotic species Spathodea campanulata P. Beauv., Tecoma stans (L.) Juss. Ex Kunth, Terminalia catappa L., Leucaena leucocephala (Lam.) de Wit., Ligustrum lucidum W. T. Aiton and Murraya paniculata (L.) Jack, according to the present legislation in Parana state. There is risk of biological invasion in the Perobas Biological Reserve, due to the proximity to the urban site.



Palavras-chave


Portaria IAP 59/2015; invasão biológica; Mata Atlântica.

Texto completo:

PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.