TERAPIA CELULAR UTILIZANDO CÉLULAS-TRONCO ADULTAS: [REVISÃO]

Talma Reis Leal Fernandes

Resumo


Células-tronco adultas são indiferenciadas e clonogênicas, com capacidade de regenerar a si próprias, repondo células maduras desgastadas ou regenerando o tecido devido alguma lesão. Por estas características, estudos estão sendo direcionados para utilização destas células na terapia celular, no tratamento das mais diversas patologias. Este trabalho tem como objetivo desenvolver uma revisão bibliográfica sobre as principais características e fontes das células-tronco adultas, incluindo seu potencial de plasticidade e os desafios que cercam seu uso terapêutico. Foi verificado que diferentes tipos de células-tronco adultas apresentam diferentes graus de plasticidade, desde muito baixo até muito alto; e, com frequência, apresentam capacidade de se transdiferenciarem em diferentes tipos de tecidos. As células-tronco adultas têm sido isoladas e caracterizadas em diferentes tecidos do corpo, como medula óssea, cordão umbilical, encéfalo, epitélio, polpa de dente e tecido adiposo. O Brasil, por meio do apoio do Ministério da Saúde, vem se destacando pelo desenvolvimento de pesquisas clínicas utilizando células-tronco adultas em diferentes doenças, destacando-se as cardíacas; autoimunes, como lúpus e diabetes; e, trauma de medula espinhal. Embora muitos avanços tenham sido alcançados o tratamento de doenças utilizando células-tronco adultas ainda está restrito a área experimental várias questões permanecem sem resposta, não se conhecem exatamente os mecanismos pelos quais estas células podem gerar efeitos terapêuticos. Serão necessários mais estudos e investimentos para poder garantir a eficácia do tratamento utilizando células-tronco adultas na medicina regenerativa. 

CELL THERAPY USING ADULT STEM CELLS: [REVIEW]

Adult stem cells are undifferentiated and clonogenic, capable of regenerating themselves, replacing cells that have become worn out and mature or regenerating tissue suffering an injury. Because of characteristics, many research studies have been conducted utilization of these cells in cell therapy for several pathologies. This work aims to review the main characteristics and sources of adult stem cells, including their potential for plasticity and challenges concerning its therapeutic use. It was verified that different types of adult stem cells present variation on degrees of plasticity, ranging-from very low to very high; and often have the ability to trans-differentiate in different types of tissues. Adult stem cells have been isolated and characterized in different body tissues, such as bone marrow, umbilical cord, brain, epithelial, tooth pulp and fat tissue. With the support of the Ministry of Health, has been highlighted by the development of clinical trials using adult stem cells in different diseases, especially involving the heart; autoimmune diseases such as lupus, and diabetes; and spinal cord trauma. Although many advances on treatment of diseases using adult SCs have been achieved it is still restricted to the experimental area several questions remain unanswered, it is not known the exact mechanisms by which these cells can generate therapeutic effects. More studies and funds are needed in order to insure the effectiveness of treatment using adult stem cells in regenerative medicine.



Palavras-chave


Células-tronco Adultas; Terapia Celular; Regeneração Celular; Diferenciação Celular.

Texto completo:

PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.