AVALIAÇÃO DE INDICADORES DE SAÚDE BUCAL NA ATENÇÃO PRIMÁRIA EM UM MUNICÍPIO DE GRANDE PORTE BRASILEIRO DE 1998 A 2010

Suellen da Rocha Mendes, Rita Sibele de Souza Esteves, Ana Cristina Borges Oliveira, Mauro Henrique Nogueira Guimarães de Abreu

Resumo


O presente estudo teve por objetivo analisar a tendência histórica do acesso a procedimentos individuais em saúde bucal desenvolvidos na atenção primária em Belo Horizonte, de 1998 a 2010. Para tanto, foi realizado um estudo de tendência de produção ambulatorial em atenção primária odontológica no Município de Belo Horizonte, Estado de Minas Gerais, nos anos de 1998 a 2010. Os dados foram obtidos por meio do sistema de informação do Ministério da Saúde. Obteve-se a população residente no Município e a quantidade apresentada de produção ambulatorial odontológica na atenção primária. Foram calculadas as proporções de primeiras consultas, procedimentos restauradores, procedimentos cirúrgicos e preventivos individuais, de acordo com a população do Município, ano a ano.  Além disso, foi calculada a razão entre o número de exodontias de dentes permanentes pelo total de procedimentos individuais. Os resultados constataram que houve um crescimento no indicador de primeiras consultas odontológicas no período compreendido entre 2001 e 2005. Os procedimentos preventivos individuais aumentaram no período de 1998 a 2006. Os procedimentos restauradores aumentaram entre 1999 e 2001, e a partir desse ano, houve uma redução nesses procedimentos. Não houve grande variação no acesso aos procedimentos cirúrgicos. A tendência da razão entre o número de exodontias de dentes permanentes e procedimentos individuais foi errática. Diante dos resultados apontados pode-se compreender que a adoção de modelos assistenciais menos restauradores, visando à abordagem de mínima intervenção e realização de procedimentos preventivos, impactou positivamente a produção ambulatorial odontológica no período analisado.

EVALUATION OF ORAL HEALTH INDICATORS IN PRIMARY CARE IN A LARGE BRAZILIAN CITY, 1998-2010

ABSTRACT

Objective: To analyze the temporal evolution of access to individual procedures developed in primary oral health care in Belo Horizonte, from 1998 to 2010. Methodology: We performed a trend analysis of ambulatorial services in primary oral health care in the city of Belo Horizonte, Minas Gerais, from1998 to 2010. The data were obtained from the health information system, Ministry of Health. The population of the municipality and the amount presented in ambulatorial treatment in primary care was evaluated. We calculated the proportion of first dental appointment, restorative procedures, surgical procedures and preventive procedures, according to the population of the city, in each year. Furthermore, it was calculated the ratio between the number of extractions of permanent teeth by the total number of individual procedures. Results: we found that there was an increase in the indicator of first dental appointment in the period between 2001and 2005. Preventive procedures increased between1998 and 2006. The restorative procedures increased between1999and 2001, and decreased after this period. There was not wide variation in access to surgical procedures. The tendency of the ratio between the number of permanent teeth extractions and individual procedures was erratic. Considerations: The use of less restorative care models impacted on the primary oral health care indicators in the analyzed period.


Palavras-chave


saúde bucal; atenção primária; sistema de informação.

Texto completo:

PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.