ANÁLISE DAS PRINCIPAIS MICOSES ENCONTRADAS NA ROTINA DE UM LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS NA CIDADE DE JATAÍ, ESTADO DE GOIÁS, BRASIL

Monica Santiago Barbosa, Christie Ataides Pereira, Natália Moraes Sousa, Pablo Igor Ribeiro Franco, Arlete Ferreira dos Reis

Resumo


Este trabalho teve como objetivo, avaliar a frequência das principais micoses encontradas na rotina de um laboratório de médio porte, na cidade de Jataí, sudoeste do Estado de Goiás.  Foram avaliados 79.563 exames durante o período de 01 de julho de 2010 a 29 de fevereiro de 2012, dentre os quais 191 foram exames micológicos, perfazendo um total de 0,24% da rotina laboratorial durante o período estudado. Dentre estes, 88 apresentaram diagnóstico positivo representando 46% da amostragem. Os sítios anatômicos no diagnóstico foram axila, face, virilha, abdome, braço, couro cabeludo, unhas e pequenas pústulas no dorso. Quanto ao gênero, o sexo feminino foi o mais acometido, perfazendo um total de 51 (58%) casos confirmados, enquanto que o sexo masculino representou 42%. Poucos dados foram obtidos a respeito da classificação dos gêneros e espécies. Considerando que as micoses não constituem doenças de notificação compulsória e que existe uma relevante lacuna de informação sobre o tema na região, este estudo evidencia a importância de analisar as principais micoses identificadas na rotina laboratorial.

ANALYSIS OF MAIN MYCOSES FOUND IN A CLINICAL LABORATORY ANALYSIS ROUTINE IN JATAÍ – GOIÁS, BRAZIL   

ABSTRACT

This study aimed to assess the prevalence of fungal infections in the routine of a midsized clinical laboratory, in Jataí, southwest of Goias. 79,563 examinations were evaluated from July 01, 2010 to February 29, 2012. Among them, 191 were mycological examinations, corresponding to 0.24% of the laboratory routine during the studied period. Among the 191 mycological tests performed, 88 showed positive diagnosis (46% of the sample). The anatomical sites used for diagnosis were: armpit, face, groin, abdomen, arms, scalp, nails and small pustules on the back. Regarding gender, females were most affected; corresponding to a total of 51 confirmed cases (58%), while males accounted 42%. Few data were obtained regarding the classification of these species. Considering that fungal infections are not compulsory notification diseases and that there is a significant information gap in the region, this study highlights the importance of analyzing the main mycoses identified in laboratory routine.


Palavras-chave


prevalência; micoses; epidemiologia.

Texto completo:

PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.