PREVALÊNCIA DE MULHERES INFECTADAS PELO PAPILOMAVÍRUS HUMANO EM UBIRATÃ-PARANÁ

Rejane Cristina Ribas-Silva, Diellen de Paula da Silva

Resumo


Os Papilomavírus Humanos (HPV) infectam as células epiteliais e tem a capacidade de causar lesões na pele ou na mucosa. Este trabalho teve por objetivo verificar as características epidemiológicas e a prevalência de mulheres infectadas pelo HPV na cidade de Ubiratã – PR. Realizou-se um estudo retrospectivo com os prontuários de mulheres atendidas por 5 Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Município de Ubiratã no período de 2010 e 2011. Analisaram-se os dados epidemiológicos: média de exames realizados, faixa etária atendida na rede pública e acometida pelo HPV, prevalência de HPV, manifestações clínicas, uso de anticoncepcionais, prevalência de mulheres grávidas com o HPV e a periodicidade dos preventivos realizados. A prevalência de infecção por HPV na cidade de Ubiratã–PR foi de 2%. A faixa etária atendida na rede pública foi dos 14 aos 70 anos de idade. O exame preventivo foi realizado por 2.604 mulheres, destas, 25% realizaram dentro do intervalo preconizado pelo Ministério da Saúde. A faixa etária da primeira relação sexual diagnosticada com o HPV foi dos 15 aos 30 anos, nos quais 37,5% faziam uso de anticoncepcionais. Quando avaliado a prevalência de HPV segundo UBS, a da Vila São Joaquim apresentou diferença significativa quando comparado a prevalência encontrada na amostra total (p=0,0001), as outras prevalências foram estatisticamente iguais. Os fatores de risco predominantes neste estudo foram a multiparidade e o uso de anticoncepcionais. Diante da prevalência de HPV na população estudada é evidente a importância de medidas para a promoção e prevenção a saúde na rotina de serviços das UBS. Acredita-se que estes dados possam ser úteis no planejamento de programas, incluindo o controle de Doenças Sexualmente Transmissíveis e rastreamento de câncer de colo de útero.

PREVALENCE OF WOMEN INFECTED BY HUMAN PAPILLOMAVIRUS IN UBIRATÃ-PARANÁ

ABSTRACT

Human papillomavirus (HPV) infects epithelial cells and may cause lesions in skin or mucosa. This study aimed to verify the epidemiological characteristics and the prevalence of HPV-infected women in Ubiratã – Paraná. A retrospective study of the records of women attended at 5 Basic Health Units (BHU) in Ubiratã from 2010 to 2011 was carried out. Epidemiological data were analyzed as: average of exams, age of group attended in public health service affected by HPV, HPV prevalence, clinical manifestations, use of contraceptive, prevalence of pregnant women with HPV, and periodicity of preventive exams. The prevalence of HPV infection in Ubiratã – Parana was 2%. The age of group attended by the public health service was from 14 to 70 years old. Preventive exam was performed by 2604 women, of these, 25% were within the range recommended by the Ministry of Health. The age of first sexual intercourse diagnosed with HPV reached from 15 to 30 years, of which 37.5% were using contraceptives. When the prevalence of HPV was evaluated according to BHU, data from Vila São Joaquim were significantly different when compared to total sample (p = 0.0001). Other prevalences were statistically identical. The predominant risk factors in this study were the multiparity and the use of contraceptive. Considering the prevalence of HPV in studied population, it is evident the importance of ways of prevention and health promotion in the routine of Basic Health Units. These data may be helpful in planning programs, including the control of sexually transmitted diseases and cervical cancer tracking.


Palavras-chave


HPV; prevalência; mulheres; doenças sexualmente transmissíveis.

Texto completo:

PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.