DIVERSIDADE MICROBIANA EM ALGUNS MATERIAIS DO LIXO HOSPITALAR DE UM HOSPITAL PÚBLICO NO MUNICÍPIO DE ALTAMIRA, SUDOESTE DO PARÁ, BRASIL

Maria Francilene de Sousa, Anderson Barbosa Baptista, Anderson Barbosa Baptista, Rildy Uana Acácio Queiroz, Rildy Uana Acácio Queiroz, Marcos Diones Ferreira Santana, Marcos Diones Ferreira Santana, Fabyane Rabelo Dias, Fabyane Rabelo Dias

Resumo


Os resíduos gerados pelo homem nos serviços de saúde têm merecido maior atenção nos últimos anos. São coletadas diariamente 228.413 toneladas de resíduos no Brasil. Em geral, estima-se que 1% desses corresponda aos resíduos de serviços de saúde Nesse estudo foram coletados materiais de descarte (ítens) de procedimentos hospitalares gerais (agulha, jelco, luva, gaze, etc.), dos ambientes de ambulatório, clinicas e UTI, de um Hospital Público de Altamira-PA.  As amostras foram coletadas e colocadas em caldo de enriquecimento BHI (infusão cérebro-coração), em seguida foram semeadas em Ágar Mac Conkey e Ágar Sangue de Carneiro 5% e posterior identificação por série bioquímica de Gram positivos e negativos. Foram analisadas 74 amostras das quais 93% apresentaram contaminação positiva e a mais prevalente foi Escherichia coli (22%). Foram encontrados 6 itens que apresentavam contaminação por mais de um microrganismo. Os resultados apresentados indicam a necessidade de implantação de um sistema de controle de qualidade microbiológico no referido hospital, uma vez que os pacientes estão sujeitos à contaminação pelo contato direto ou indireto com os resíduos descartáveis, assim como, os manipuladores finais desse tipo de material que os recebem sem qualquer tratamento.

ABSTRACT

The waste generated by man in health services has received greater attention in recent years. Daily, 228, 413 tons of waste are collected in Brazil. Overall, it is estimated that 1% of these corresponds to health services residues. In this study were collected materials (items) of general hospital procedures (Needle Jelco, glove, gauze, etc.), outpatient environments, clinics and intensive care units of a public hospital in Altamira-PA. Samples were collected and placed in enrichment broth BHI (brain heart infusion) then they were plated on Mac Conkey agar and sheep blood agar 5%, subsequently the number of Gram positive and negative was identified. From 74 samples analyzed, 93% showed positive infection and the most prevalent was Escherichia coli (22%). Were found 6 items contaminated by more than one microorganism. The results indicate the need for implementation of a microbiological quality control system in the hospital; since patients are subjected to contamination by direct or indirect contact with the disposable waste, as well as the final handlers of such material.


Palavras-chave


microrganismos; resíduo hospitalar; contaminação.

Texto completo:

PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.