INVESTIGAÇÃO DO POTENCIAL CITOTÓXICO DAS ÁGUAS SUPERFICIAIS DO RIBEIRÃO ATLÂNTICO (MADAGUAÇU-PR) EM Allium cepa L.

Bruno César Circunvis, Michele Cristina Heck, Veronica Elisa Pimenta Vicentini

Resumo


Muitos estudos têm sido realizados com o intuito de avaliar os efeitos da ação antrópica sobre os recursos hídricos. Diante disso, o presente estudo teve por objetivo avaliar o potencial citotóxico das águas superficiais da Nascente, da Confluência e da Jusante do Ribeirão Atlântico, um afluente do Rio Pirapó, localizado no Município de Mandaguaçu-PR, em sistema teste vegetal, com células meristemáticas de raiz de Allium cepa L. Para tanto, foi avaliado o efeito das águas sobre o ciclo de divisão celular. Raízes de bulbos de Allium cepa, foram preparados pela reação de Fleugen e corados com o reativo de Schiff. Os dados foram obtidos a partir da análise de 5.000 células por grupo, nos tempos de 0h-controle, 24h de tratamento com as águas do ribeirão e 24h de recuperação em água filtrada. A análise estatística, pelo teste do Qui-quadrado, demonstrou que os resultados de nenhum dos pontos avaliados foi estatisticamente diferente do controle negativo, feito com água filtrada, ou seja, as águas superficiais dos três pontos amostrados não apresentaram potencial citotóxico neste sistema teste. Apesar de não terem sido encontrados resultados positivos para citotoxicidade é de vital importância que estudos de monitoramento continuem sendo realizados neste ribeirão, já que se trata de uma região com intensa atividade agrícola.

INVESTIGATION OF CYTOTOXIC POTENTIAL OF SURFACE WATER OF ATLANTIC RIVER (MADAGUAÇU-PR) in Allium cepa L.

ABSTRACT

Many studies have been conducted in order to evaluate the effects of human activity on water resources. Thus, the aim of the present study was to evaluate the cytotoxic potential of surface water in source, confluence and downstream of Atlantic river, a tributary of Pirapo river, placed in Mandaguaçu-PR. The plant test system with meristematic root cells of Allium cepa L was carried out. The effect of water on the cell division cycle was evaluated. Onion roots were prepared by Feulgen reaction and stained with Schiff's reagent. Data were obtained from analysis of 5000 cells per group in three different times: a) 0 hours (control); b) 24 hours of treatment with the river waters; c) 24 hours of recovery in filtered water. Statistical analysis by chi-square show that none of the points assessed was statistically different from control, i.e., the surface waters of three sampling sites showed no cytotoxic potential. Although positive results for cytotoxicity have not been found it is of vital importance that monitoring studies continue to be performed at this stream, since it is a region with intensive agriculture.


Palavras-chave


mutagênese ambiental; citotoxicidade; Allium cepa L.; águas de rio.

Texto completo:

PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.