ESTUDO DA INICIAÇÃO SEXUAL E DA GRAVIDEZ DE JOVENS ADOLESCENTES DA CIDADE DE MARINGÁ – PR.

Elisângela Düsman, Karen Silvério Góis, Eduardo Michel Vieira Gomes, Lívia Maria de Castro Penna, Talita Camargo, Maria de Lourdes Perioto Guhur

Resumo


A sexualidade vem sendo, desde há muito tempo, um tema de grandes discussões, em especial quando se refere à iniciação sexual e a gravidez na adolescência. Assim, este trabalho teve como objetivo, identificar entre 69 adolescentes da cidade de Maringá-PR, o período de maior incidência da iniciação sexual e possíveis causas para gravidez nesta faixa etária. Para tanto foi aplicado um questionário a 49 jovens do sexo feminino e 20 do sexo masculino, com idade variando de 12 a 19 anos. O estudo mostrou que a iniciação sexual teve maior incidência em adolescentes com idade entre 12 a14 anos (37.5 % das meninas e 44.4 % dos meninos), o que demonstra que a iniciação sexual dos adolescentes pesquisados ocorreu em uma idade inferior a relatadas em outros estudos. Em relação à gravidez na adolescência, os resultados obtidos mostram que as possíveis causas da mesma são: a imaturidade dos jovens pares, a irresponsabilidade, a sensação de onipotência, o descuido e a falta de informação. Desta forma, novas investigações deveriam ser realizadas a fim de possibilitar uma maior compreensão sobre esses e outros aspectos associados à sexualidade na adolescência.

Abstract. Study of sexual initiation and pregnancy of adolescents in Maringá PR Brazil.. Sexuality has been a theme of discussion, especially when it refers to sexual initiation and adolescent pregnancy. Thus, this study aimed to identify, among 69 teenagers from Maringá-PR, Brazil, the period of sexual initiation and possible causes of pregnancy in this group. A questionnaire was distributed to 49 young females and 20 young males, with age ranging from 12 to 19 years. Results show that sexual initiation occurs between 12 - 14 years (37.5% of females and 44.4% of males). In this way, sexual initiation has occurred at a lower age than that reported in other studies. Considering pregnancy, results show that its possible causes may be immaturity of young couples, irresponsibility, feelings of empowerment, carelessness, and lack of information. Thus, further investigations should be conducted to enable a greater understanding about these and other topics related to sexuality in adolescence.


Palavras-chave


sexualidade; gravidez na adolescência; iniciação sexual

Texto completo:

PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.