ABORDAGEM INTERDISCIPLINAR DE CASO DE MEGACÓLON DE DOENÇA DE CHAGAS

CAROLINE FELICIO BRAGA, NEIDE MARTINS MOREIRA

Resumo


O presente estudo teve por objetivo descrever a abordagem terapêutica interdisciplinar em caso de megacólon na doença de Chagas atendido pelo programa ACHEI da Universidade Estadual de Maringá. Exemplifica a atuação de farmacêuticos como coordenadores de grupo multiprofissional/interdisciplinar. Foi atendida paciente com sorologia positiva para Chagas com comprometimento gastrintestinal, com dificuldade de evacuação e alteração do tamanho do abdômen. A paciente não apresentava outra patologia associada. Após a realização de avaliação nutricional e fisioterápica, foi recomendado cardápio moderado em fibras, com ingestão abundante de líquidos além de coquetel laxativo. Foram prescritas manobras terapêuticas a serem realizadas duas vezes/dia, por familiares. A paciente relatava não ter dificuldades em realizar as manobras de fisioterapia ou em seguir a dieta prescrita. Relatou ainda que observou melhora em relação à expulsão de gases e no volume abdominal. No aspecto da evacuação ainda necessita do uso de laxante. O esquema apresentado mostra tendência à melhorar na condição de pacientes com megacólon de origem chagásica.

INTERDISCIPLINARY APPROACH OF MEGACOLON ASSOCIATED WITH CHAGAS DISEASE

ABSTRACT

This study describes an interdisciplinary therapeutic approach in a case of megacolon associated with Chagas disease attended in ACHEI program of Maringá State University. It exemplifies the role of pharmacists as coordinators of a multidisciplinary/ interdisciplinary group. A patient with positive serology to Chagas, severe gastrointestinal damages, difficulty to evacuation and abdominal size alteration was attended. The patient did not show any other pathology associated. Nutritional and physiotherapeutic evaluations were carried out and a fibers moderated menu was recommended, with abundant ingestion of liquids beyond a laxative cocktail. Therapeutic maneuvers were prescribed twice/day by familiars. The patient reports no difficulties in physiotherapy maneuvers or to follow the recommended diet. She has reported an improvement in expulsion of gases and abdominal volume. Regarding to evacuation, she still needs the use of laxatives. This scheme trends to improve the condition of patients with chagasic megacolon source. Thus, this interdisciplinary / multidisciplinary approach may be safely implemented.


Palavras-chave


terapêutica nutricional; manobra terapêutica abdominal; danos gástricos.

Texto completo:

PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.