CONHECIMENTO E REALIZAÇÃO DO EXAME DE PRÓSTATA EM FUNCIONÁRIOS DE UMA COOPERATIVA AGRÍCOLA NA REGIÃO NOROESTE DO PARANÁ

Fernanda Freitas Mendonça, Jacir Zanchin

Resumo


O câncer de próstata é o sexto tipo de neoplasia mais comum no mundo e o mais prevalente em homens, representando cerca de 10% do total de cânceres. Mesmo com os avanços da tecnologia de diagnósticos, especialmente na detecção do câncer de próstata, a procura por esses serviços não está sendo satisfatória. Objetivou-se identificar o conhecimento e a realização do exame de próstata de funcionários de uma Cooperativa Agrícola de Iretama. Trata-se de uma pesquisa quantitativa, descritiva. Como instrumento de coleta de dados foi utilizado um formulário contendo variáveis sobre o conhecimento e a realização do exame de próstata. Os resultados revelaram que a maior parte do quadro de funcionários possui uma idade abaixo da faixa de risco para o desenvolvimento do câncer de próstata, por isso foram poucos que já haviam realizado o exame. Sobre o conhecimento, a maioria possui conhecimento sobre como realizar o exame. Um dado agravante foi que os homens que realizaram o exame de próstata, só o fizeram devido à presença de sintomas. Quanto à procura pelo serviço de saúde, a maioria relatou que nunca procuram. Nesse sentido, destaca-se que tanto o homem quanto os profissionais de saúde implementem a política nacional de saúde do homem, no intuito, de diminuir os agravos à saúde dessa população, sobretudo, o câncer de próstata.

ABSTRACT

Prostate cancer is the sixth most common type of cancer in the world and the most prevalent in men, representing about 10% of all cancers. Even with advances in diagnostic technology, especially in the detection of prostate cancer, the demand for these services is not satisfactory. The objective of this quantitative and descriptive research was to identify the knowledge and the employees’ prostate examination of an Agricultural Cooperative in Iretama. For data collection, a questionnaire containing variables about the knowledge and prostate examination was carried out. The results revealed that most of the age of workers was under the risk range for the development of prostate cancer, so the minority had performed the exam. Most of employers have knowledge about the exam. An aggravating factor was that men, who underwent prostate exam only did it due to the presence of symptoms. About the demand of health service, the majority reported that they had never tried. Thus, it is important that both man and health professionals implement the national policy of men´s health, aiming to reduce the health risks of this population, especially to prostate cancer.


Palavras-chave


saúde do homem; câncer de próstata; diagnóstico precoce.

Texto completo:

PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.