BENEFÍCIOS DO EXERCÍCIO FÍSICO EM INDIVÍDUOS PORTADORES DE CANCER

Carlos Alberto de Moraes, Beatriz Correira de Souza Curle, Luciana de Oliveira Ildefonso

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo relacionar as adaptações fisiológicas e as vantagens e/ou desvantagens proporcionadas pelo exercício físico em indivíduos portadores de câncer. Para tanto, foi realizada uma abrangente revisão na literatura atual, conjeturada de forma crítica, a fim de compreender as ações relacionadas à intensa mobilização de substratos energéticos dos tecidos dos indivíduos com câncer, em função do crescimento neoplásico, que promove no organismo um estado de fadiga. Concluiu-se que o exercício físico, quando bem orientado e supervisionado, exerce estimulação da síntese protéica, melhora a resposta do sistema imunológico, melhora os mecanismos antioxidantes, melhora do sistema cardiorrespiratório, aumenta o consumo de glicose com consequente diminuição da resistência periférica a insulina, promove benefícios nas articulações e fortalecimento dos músculos. Porém, alguns autores divergem em suas afirmações quanto aos possíveis benefícios do exercício frente ao crescimento e desenvolvimento do câncer e as suas alterações metabólicas, em resposta ao crescimento neoplásico.

BENEFITS OF EXERCISE IN PATIENTS WITH CANCER

ABSTRACT

This study aimed to relate the physiological adaptations and the advantages and/or disadvantages proportionate by the physical activity in individuals with cancer. For this, a comprehensive review of current literature, critically conjectured, was performed in order to understand the actions related to the intense mobilization of energy substrates tissue of individuals with cancer, according to the neoplastic growth, that promote a state of the body fatigue. It was concluded that, when properly guided and supervised, exercise exerts stimulation of protein synthesis, enhances the response of the immune system, improves the antioxidant mechanisms and cardiorespiratory system, increases glucose consumption with consequent decrease of peripheral insulin resistance. Besides, exercises are beneficial in strengthening the muscles and joints. However, some authors diverge in their statements about the possible benefits of exercise to the growth and development of cancer and its metabolic changes in response to neoplastic growth.


Palavras-chave


exercício; câncer; fadiga; glicose; sistema imune.

Texto completo:

PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.